Conexão em PVC - Chiva Plásticos

Foi realizado neste domingo (11) a 34ª Maratona Internacional de Porta Alegre RS - 2017 Modalidades: MARATONA, MEIA MARATONA E RUSTICAS.

Chiva Plásticos - Marini Ind. e Com. de Plásticos EIRELI está entre as finalista do Prêmio Sesi ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) 2016, resultado saiu nesta sexta (7) . Serão reconhecidas empresas que possuem projetos voltados à promoção do desenvolvimento sustentável. Os vencedores serão conhecidos no dia 23 de Novembro em evento promovido no Campus da Indústria, FIEP em Curitiba PR. Clique aqui: http://www.sesipr.org.br/conheca-os-finalistas-do-premio-sesi-ods-2-31192-327722.shtml.

Colégio SESI em Parceria com a Empresa Chiva Plásticos está desenvolvendo trabalhos em relação ao Meio Ambiente, com estudos para recuperação de glicerina bi-destilada utilizada na Empresa como insumo de produção, os alunos do projeto são orientados pelo Professor Gilson Godói Muller.

A BSI renova a Certificação ISO 9001 com a Empresa Chiva Plásticos. Sendo a única empresa com a Certificação no Setor Moldado de conexões de PVC no Brasil.

No dia 08/03/2016 recebemos a visita dos alunos do colégio SESI, juntamente com o Professor Gilson Godói Muller para conhecer a Empresa e apresentar um projeto de química que eles estão desenvolvendo nas industrias de Palmas PR.

Comunicamos que a Banca de Juízes do MPE Brasil, em reunião realizada no dia 06 de novembro de 2015 no auditório do IBQP, homologou o resultado do PME Brasil Ciclo 2015 – Etapa Paraná. E a Empresa Chiva Plásticos está entre as finalistas. As vencedoras serão conhecidas na Cerimônia de Reconhecimento que ocorrerá no dia 26 de novembro, às 16h no Recanto Cataratas Thermas Resort & Convention, em Foz do Iguaçu/PR, sendo que às 08h30 do mesmo dia teremos um workshop com as empresas finalistas. Palavras de nosso Gestor Administrativo Daniel Vieira de Souza: "Parabéns a toda a Equipe pelo bom desempenho comprometimento e desenvoltura, por este motivo estamos evoluindo cada vez mais e sendo reconhecida como uma das melhores empresas do PARANÁ em Gestão de qualidade e Atendimento" Clique aqui: MPE BRASIL 2015

Chiva Plásticos presente na 11ª Feira Internacional de Tecnologias de Saneamento Ambiental nos dias 4 a 7 de Outubro de 2015. Venha nos visitar. Clique aqui: www.fitabes.com.br

Mais de 65,7 mil micro e pequenas empresas de todo país se candidataram ao MPE Brasil 2015 – Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas. O número supera em 29% a quantidade de participantes de 2014. O maior prêmio nacional que oferta de forma gratuita um diagnóstico de gestão às micro e pequenas empresas (MPE) é realizado pelo Sebrae, Movimento Brasil Competitivo, Gerdau, com apoio técnico da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ). As micro e pequenas empresas representam 27% do Produto Interno Bruto (PIB) e são responsáveis por mais da metade dos empregos com carteira assinada. As inscrições para a edição 2015 encerraram no dia 31 de julho e, a partir de agora, os participantes que concorrem à premiação em seus estados, e tiverem melhor desempenho, recebem visitas técnicas e são avaliados pelas práticas de gestão. As dez vencedoras nacionais participam de missão técnica no Brasil e capacitação no exterior. O processo de avaliação envolve mais de mil avaliadores voluntários em todo país. O resultado final será conhecido em abril de 2016. Para o presidente do Sebrae, Luiz Barretto, a premiação é uma oportunidade para as empresas avaliarem suas práticas. “Elas recebem relatórios personalizados com informações importantes, como pontos fortes e oportunidades de melhoria, que auxiliam na tomada de decisões. O diagnóstico que recebem dos avaliadores é uma ferramenta que, bem utilizada, contribui para o amadurecimento empresarial, na medida em que podem aprimorar sua gestão a partir das fraquezas identificadas no estudo”. Barretto também reforça que a busca pela excelência em gestão deve ser um trabalho permanente. “Os vencedores do MPE Brasil dividem conhecimentos não apenas entre si, mas também com outros empreendedores em suas respectivas regiões. Eles servem como exemplo de liderança e se tornam referências de sucesso nos pequenos negócios”, complementa. Segundo o presidente executivo do Movimento Brasil Competitivo, Claudio Gastal, o crescimento de candidaturas demonstra que os empreendedores brasileiros estão cada vez mais atentos ao aperfeiçoamento dos processos de gestão de suas empresas. “As boas práticas de gestão disseminadas pelo MPE Brasil são propulsoras de grandes saltos de competitividade e permitem que os empreendedores aumentem a produtividade de suas micro e pequenas empresas. Por meio deste Prêmio, o MBC busca formar uma geração de empresários que esteja preparada para enfrentar com sucesso as adversidades do ambiente de negócio brasileiro”, destaca. “O crescimento da procura das MPE em participar do Prêmio deixa muito claro que o empreendedor está cada vez mais atento e empenhado em aperfeiçoar o modelo de gestão de sua organização, a fim de aumentar a produtividade e estar cada vez mais competitivo no mercado”, avalia Jairo Martins, presidente-executivo da Fundação Nacional da Qualidade. “Isso demonstra uma maior maturidade na gestão das MPE”, completa. Critérios de avaliação As organizações são avaliadas pela qualidade da administração, capacidade inovadora e equilíbrio entre os critérios de excelência por meio da utilização do questionário de autoavaliação, tendo como base o Modelo de Excelência da Gestão (MEG), da FNQ. Aquelas com melhor desempenho receberão a visita de avaliadores voluntários capacitados e serão submetidas a uma banca técnica. Participantes - O Estado de São Paulo lidera o número de organizações candidatas, com 15 mil empresas, seguido por Rio Grande do Sul (5 mil), Bahia (4,9 mil), Rio de Janeiro (4,4 mil) e Distrito Federal (3,7 mil). - Por região: Sudeste (24.529), Nordeste (18.060), Sul (11.778), Centro-Oeste (7.170) e Norte (4.180). - Entre os setores de atuação na economia, 48% das participantes são do Comércio, 26% da área de Serviços e 13% da Indústria. As demais organizações se dividem entre Turismo, Agronegócio, Educação, Saúde e Tecnologia da informação. - Mais de metade dos gestores das empresas candidatas está na faixa etária entre 35 e 44 anos (56,48%). Posteriormente, aparecem os seguintes empreendedores: entre 25 e 34 anos (25,61%), acima de 55 anos (14,37%) e entre 18 e 24 anos (3,54%). - 59% dos empreendedores são do público masculino, 41% são do feminino. Acesse www.premiompe.sebrae.com.br Clique aqui: MPE Brasil 2015

Chiva Plásticos presente na 18ª Feira Internacional da Construção nos dias 5 a 8 de Agosto de 2015. Venha nos visitar. Clique em leia mais.. e veja mais fotos. Clique aqui: www.feiraconstrusul.com.br

Chiva Plásticos presente no 26ª Encontro Técnico AESABESP e 26ª Feira FENASAN nos dias 4 a 6 de Agosto de 2015. Venha nos visitar. Clique em leia mais.. e veja mais fotos. Clique aqui: www.fenasan.com.br

Foi realizado neste domingo (02) em Passo Fundo, Rio Grande do Sul, a meia maratona com percurso de 21 KM. O evento é realizado anualmente em comemoração ao aniversário do município gaúcho. A prova teve a presença do atleta palmense Alexandro Pereira, o Índio, que participou pela primeira vez este ano de uma competição de longa distância. Com um total de 1060 atletas inscritos, Índio obteve a quarta colocação geral, se destacando entre os melhores corredores do sul do país. Com a marca de 1:10;56 (uma hora, dez minutos e cinquenta e seis segundos). – Saio muito contente desta prova porque quebrei meu recorde pessoal que era de Mafra – SC em 2014. Consegui passar os 10 primeiros quilômetros com o tempo de 32’34, sendo este um ritmo ideal, porém depois dos 13 KM a prova ficou muito pesada com elevação de até 170 metros, disse Pereira. O palmense já se prepara para mais um grande desafio, no dia 16 de agosto, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, onde competirá no Circuito Longevidade Bradesco (6KM). – Nesta corrida terei a oportunidade de conhecer pessoalmente meu treinador Lauter Nogueira, o qual vem me preparando desde outubro de 2014, finalizou Índio. Disponível em: Portal RBJ

A Empresa Chiva Plástico parabeniza seus atletas pelo ótimo desempenho no 29º Jogos do SESI – Fase Municipal. 1º LUGAR na Modalidade de Vôlei de praia Masculino 2º LUGAR na Modalidade de Vôlei de praia Feminino. Ambos se classificando para a fase estadual que será realizada em Toledo - PR nos dias 30/10 a 02/11/2015.

2º Corrida de Rua cidade de Pato Branco foi realizada no dia 28/06/2015 e mais uma vez o Atleta Alexandre Pereira de Palmas - PR consegue se destacar e alcançar seu objetivo trazendo o troféu de 1º lugar para casa, liderando a prova do inicio ao fim.

Chiva Plásticos estará presente na 18ª Feira Internacional da Construção nos dias 5 a 8 de Agosto de 2015. Venha nos visitar. Clique aqui: www.feiraconstrusul.com.br

Chiva Plásticos estará presente no 26ª Encontro Técnico AESABESP e 26ª Feira FENASAN nos dias 4 a 6 de Agosto de 2015. Venha nos visitar. Clique aqui: www.fenasan.com.br

O Nós Podemos Paraná visando reconhecer e divulgar boas práticas para o alcance dos ODM lançou em 2011 a certificação Selo ODM. A certificação é destinada a empresas e instituições públicas e do terceiro setor que realizam projetos que contribuem para o alcance dos ODM e, conseqüentemente, com o desenvolvimento local. A cerimônia de entrega será no dia 20 de agosto, a partir das 18h, no Campus da Indústria (Av. Comendador Franco, 1341 - Curitiba). Palavras do Diretor Sadi Marini Junior "Toda e qualquer conquista é digna de aplausos. Quando temos um erro em nossa empresa, seja ele em qualquer setor, todos somos responsáveis, todos somos cobrados e todos temos que pensar na melhor forma para isso não acontecer mais. E também é assim quando temos os acertos e as conquistas, isso é mérito de uma equipe, da força de um conjunto, PARABÉNS A TODOS. Esse selo, é motivo de orgulho para nós e nossa cidade".

A descoberta do PVC poli(cloreto de vinila), ocorreu em 1872, por um cientista chamado Baumann31, que observou a formação de um pó branco ao expor um gás, o cloreto de vinila (VC), à ação dos raios solares durante vários meses em recipiente fechado. No entanto, foi somente em 1931, na Alemanha, que surgiu o interesse comercial por esta nova resina e consequentemente teve inicio a sua produção industrial. Em termos de comercialização, é uma das 3 resinas de maior volume de produção entre os inúmeros polímeros e copolímeros vinílicos. A divisão do consumo de PVC por aplicação, no Brasil, em 2011, é resumida em: 45,5% para tubos e conexões; 13% para laminados e espalmados; 5,1% em embalagens (filmes e frascos); 6,7% em fios e cabos; 16,1% em perfis para construção civil; 6,7% em calçados; 2,0% em mangueiras e 4,9% em outras aplicações específicas, segundo os fabricantes de resinas de PVC Braskem e Solvay Indupa. O Policloreto de Vinila (PolyVinylChloride), de onde resulta a sigla PVC, é um plástico não totalmente originário do petróleo como a maioria dos polímeros. 57% de sua composição é cloro, derivado de Cloreto de Sódio e outros 43% é etileno (ou eteno, este sim derivado do petróleo). O cloreto de sódio (NaCl), conhecido como sal marinho ou de cozinha e responsável pela existência da vida no planeta, é encontrado no mar, em jazidas subterrâneas , e extraído pelo processo químico da eletrólise, de onde se obtém o cloro e a soda cáustica. Tratado e aprimorado para uma variedade diferente de sais, ele é muito utilizado além da culinária, no processo de fabricação de papel, detergente e sabão, para derreter a neve (através de processo de reação química em função da temperatura), bem como também é elemento presente na produção de outros elementos químicos como o hidróxido de sódio, cloro, hidrogênio e (indiretamente) ácido clorídrico. O etileno (ou eteno) é obtido diretamente do petróleo, sendo ele um dos subprodutos mais simples e de fácil geração. É um gás incolor, ligeiramente adocicado, de grande utilidade como anestésico em cirurgias, para amadurecimento (forçado) de frutas, participa do processo de fabricação do etanol (álcool) e do polietileno (plástico), e até na liquefação do gás natural (BNP).

"Aconteceu no último domingo (24), a 10ª etapa do Circuito Sesc de Caminhada e Corrida de Rua, realizada em Palmas, sul do Paraná. Cerca de 300 atletas estavam inscritos para participar das cinco categorias em disputa. A chuva não intimidou os atletas, que largaram às 07h30 para as provas de 05 Km e 10Km, masculino e feminino e 05 Km candeirante. Das cinco provas, três tiveram palmenses no lugar mais alto do pódio. A classificação foi a seguinte: 5 Km Cadeirante Masculino: 1º Gelson Vallim – Cascavel/PR. 2º Daniel Viana – Cascavel/PR. 5 Km Masculino: 1º Rudinei Presotto Nunes – Pato Branco/PR. 2º Antonio Arildo Teodoro dos Santos – Palmas/PR. 3º Leandro Oliveira Marques – Foz do Jordão/PR. 4º Oswaldo José de Carlos Pipino – Pato Branco/PR. 5º Edivandro Mota Pauluck – Foz do Jordão/PR. 5 Km Feminino: 1º Aline de Souza Castilho – Palmas/PR. 2º Juliana de Fatima Echs Romera – Palmas/PR. 3º Micheline Teza – Palmas/PR. 4º Andrea Cace Ferreira Tives – Palmas/PR. 5º Andressa Maria Kviatkovski Pipino – Pato Branco/PR. 10 Km Masculino: 1º Alexandro Pereira – Palmas/PR. 2º Cláudio Correa da Silva – Palmas/PR. 3º Edemiro Ferreira dos Santos – Pato Branco/PR. 4º Luiz Alberto Soares de Freitas – Pato Branco/PR. 5º Valdecir da Silva – Pato Branco/PR. 10 Km Feminino: 1º Aliane de Souza Castilho – Palmas/PR. 2º Renata Barducco de Oliveira – Pato Branco/PR. 3º Thereza Cristiana Araujo de Bitten – Palmas/PR. Do 1º ao 5º colocado foram entregues troféus, além de medalhas de participação para todos os atletas. Em decorrência da chuva, a caminhada foi cancelada. Agora, o Sesc Palmas volta as suas atenções para o Dia do Desafio, que acontece na próxima quarta-feira (27). O Dia do Desafio tem o objetivo de despertar o interesse das pessoas pela prática de esportes e atividades físicas, por meio de uma competição entre cidades. Neste ano, Palmas, enfrentará a cidade de Cerquilho, interior de São Paulo. A proposta é mobilizar a maior porcentagem de participantes, tendo como base de calculo o numero oficial de habitantes do município. O município paranaense conta com uma população aproximada de 47 mil pessoas, enquanto que o município paulista tem uma população de 45 mil habitantes, aproximadamente. Um sorteio eletrônico estabelece o desafio entre duas ou três cidades da mesma categoria, que irão disputar o Dia do Desafio. Para participar, deve-se realizar a atividade física, vale qualquer tipo de atividade como caminhada, ciclismo, corrida, exercícios em empresas, gincanas, natação, entre outras modalidades. Porém, além de realizar o exercício, é importante registrar a participação. O registo é importante para que a cidade alcance um grande número de adesões que contarão pontos para o resultado final da cidade. O registro pode ser efetuado no site do Sesc, ou através da unidade do Sesc Palmas, na rua Dr.Bernardo Ribeiro Vianna, no prédio do CPEA." Disponível em: Portal RBJ

"O atleta palmense Alexandro Pereira, o Índio, foi campeão da 1ª Corrida Trekking de Concórdia, Santa Catarina, disputada neste domingo (17). Dividida em prova de Corrida e Caminhada, o trajeto de sete quilômetros busca unir paisagens urbanas com paisagens naturais, incrementada de um relevo desafiante. – Prova muito pesada, com elevação de 100 metros, várias subidas e descidas, graças a Deus consegui manter o ritmo e liderar a prova de ponta a ponta, comentou Pereira. Índio agradeceu seus patrocinadores por viabilizarem seus treinamentos, bem como competir em alto nível: – Fiquei contente com meu tempo de 22’58 pois consegui rodar 5’51 nos dois últimos quilômetros. Agradeço a Chiva, Sírius/Estrela, Super União, Planet Sports, Skala, Super Dois Vizinhos, Nutry Sports Inova Móveis e Academia Performance pelo apoio, finalizou Índio. A prova também contou com outros corredores da equipe Performance Runners que obtiveram os seguintes resultados: 1º Geral – Alexandro Pereira (22’58) 8º Geral – Claudio Corrêa da Silva (26’41); 14 º Geral – Antonio A. Teodoro (29’03); 43º – Aramis Obinski (37’19). O próximo desafio para os corredores palmenses será na prova de 10 KM do circuito Sesc no próximo domingo (24) em Palmas e no dia 30 deste mês em Caibi, Santa Catarina com percurso de 5 KM." Disponível em: Portal RBJ

A Chiva sempre pensando em oferecer o melhor para seus clientes, concluiu o processo de certificação da ISO 9001.

Este trabalho tem como foco melhorar cada vez mais a qualidade de seus produtos, levando ao cliente segurança e qualidade total.

Na imagem a baixo podemos ver a missão, visão e a politica de qualidade da Chiva Plásticos.

Chiva Plásticos ganha destaque na edição 609 da Plásticos em Revista. Confira!
Fonte: Plásticos em revistas

Que o PVC é o plástico com menor presença, em peso, no lixo urbano, com apenas 0,7%? A razão é o longo ciclo de vida útil dos produtos de PVC. Apenas 12% são considerados descartáveis com durabilidade até 2 anos, 24% de 2 a 15 anos e 64% entre 15 e 100 anos de vida útil.

Nos dias 07 e 08 de outubro de 2013,a Empresa Chiva Plasticos realizou a convenção dos representantes do Estado do Rio Grande do Sul. "Parabéns por essa grande equipe"...

Alexandro Pereira grande campeão da Maratona Caixa de Curitiba. Parabéns, a Chiva Plásticos apoia talentos.

As telhas PreconVC oferecem um sistema de cobertura inovador em PVC: unem leveza, praticidade, eficiência, excelente acabamento e beleza superior. Desenvolvidas com resinas de alta tecnologia, são resistentes e ecologicamente corretas. Por essas características, podem baratear em até 40% o custo de uma obra. A PreconVC chega a pesar entre 5 e 10% das telhas de barro (variação de acordo com o modelo que cliente escolher), por exemplo, o que dispensa o uso de caibros, ripas e outras estruturas de sustentação. Outro diferencial das telhas é o fato de proporcionarem conforto térmico e acústico para os ambientes – cerca de 17% de redução sonora e 20% térmica. LOCAIS DE APLICAÇÃO Estabelecimentos residenciais, comerciais e industriais. As telhas também podem ser usadas como fechamento de espaços. PRINCIPAIS VANTAGENS - São mais fáceis de manusear; - Duráveis; - Estáveis às tempestades, granizos e outras intempéries; - Baixos índices de expansão térmica - Garante mais rapidez às obras; - Frente a variações de temperatura, sua estabilidade dimensional e de cor são superiores às telhas convencionais; - Nos casos de reposição, por ser mais leve e com um sistema mais barato, o proprietário mesmo pode fazer. MODELOS - Colonial; - Plan; - Minionda; - Trapezoidal. PRODUTOS SUSTENTÁVEIS As telhas PreconVC são ambientalmente corretas, já que o PVC é reciclável. Toda a matéria-prima do produto é não tóxica. A produção das telhas não gera resíduos, pois é feita em circuito fechado e automatizado. Disponível em: AECweb - O portal da Arquitetura, Engenharia e Construção

Além das Conexões em PVC agora com mais uma novidade as Telhas em PVC Desde 2008 em Palmas, a empresa Chiva que trabalha no ramo de Conexões de PVC, traz mais uma novidade para seus clientes. Em parceria com a empresa mineira Precon, a Chiva disponibiliza para o ramo de construção civil, os produtos de telhas de PVC. A apresentação dessa parceria ocorreu na 16ª Feira Internacional da Construção - Construsul nos Pavilhões da Fenac, em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul. A Construsul é uma das maiores feiras de construção civil da América Latina, a exposição ocorreu entre os 31 de julho a 3 de agosto. Sadi Marini Junior, Diretor salientou que a empresa Chiva vem crescendo no setor e a exposição em feiras como a Construsul é uma maneira de expor os produtos e novidades para o Brasil bem como difundir os seus produtos para o público de outros países. Citou que durantes os quatro dias de exposição, aproximadamente mais de mil visitantes estiveram no estande da Chiva. Sobre as telhas de PVC, destacou que a empresa está realizando a revenda de telhas de PVC para a região sul, que é uma novidade que está sendo oferecida há 3 anos no Brasil, “a telha de PVC é uma telha que possui um diferencial , tem durabilidade mínima de 25 anos , garantia de 5, suporta 120k, não quebra , não racha e se tiver chuva de granizo, por exemplo, não fura como as tradicionais telhas. Possui três modelos, colonial, minionda e trapezodal. Questionado sobre o custo das telhas com relação às demais disponíveis no mercado,destacou o custo é um pouco acima da telha tradicional, mas o custo benefício das telhas em PVC é mais vantajoso que as demais telhas, “pois, não precisa de manutenção, uma chapa de cimento, que quebra no transporte, o cliente acaba perdendo o produto, e com essa telha ele não corre esse risco. Se for colocada conforme o manual, o consumidor terá uma telha com durabilidade até de 25 anos, sendo que a mesma não precisa de manutenção, não retém resíduos, como o limo”. Complementou que apesar de ser um produto elaborado com PVC, contém 4% de borracha em sua composição que da a elasticidade e isolamento acústico, tem uma camada superior de acrilato que protege as telhas dos raios UV que é responsável pelo o isolamento térmico não deixando as telhas transmitir calor sendo essa a maior dúvida entre os consumidores, e mesmo que a telha expande acaba voltando ao normal, pois possui micro partículas dentro da fibra de PVC, que inibe a ocorrência desse fator, bem como outros. Questionado sobre a garantia da telha, Sadi explicou que essa tecnologia foi criada na Itália, que atualmente está sendo fabricado no Brasil. Sendo que a USP Universidade de São Paulo realizou vários testes, como o envelhecimento acelerado de até 50 anos, e a única coisa que ela perdeu foi somente 5% da coloração em 20 anos. Elton Guerini responsável pelo departamento de marketing e propaganda Salientou que além da feira de Novo Hamburgo, participaram na semana passada da feira Ficons- Feira Internacional de Materiais, Equipamentos e Serviços de Construção em Recife/PE e que as próximas participações serão na Akrosul que ocorrerá entre os dias 31de agosto e 1 de setembro, em Sapucaia do Sul/RS; na Fitabes – Feira internacional de Tecnologias de Saneamento Ambiental, em setembro na cidade de Goiânia/GO e na Intercon, Feira e Congresso da Construção Civil, em outubro na cidade de Joinville/SC . “Essas feiras vêm auxiliarem no crescimento da empresa Chiva, que está apresentando seus produtos e inovando cada vez amis no ramo de construção civil”, ressaltou Marini.

Aconteceu nos dias 31 de julho a 03 de agosto em Novo Hamburgo a feira Construsul. Foram exposta todos os produtos de conexões Chiva e o mais novo lançamento de revenda, as telhas de PVC PreconVC.

São de Cascavel, Curitiba, Francisco Beltrão, Guarapuava, Londrina, Palmas e Pato Branco as nove empresas vencedoras da etapa paranaense do MPE Brasil - Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas. O resultado foi divulgado na última terça-feira, dia 11, em Curitiba, durante cerimônia, marcada por uma ‘guerra’ entre torcidas, mobilizadas pelas finalistas e vindas de todas as regiões do Paraná. A Saneamento Brasil Indústria e Comércio de Conexões Ltda., também conhecida como Chiva Plásticos, de Palmas, venceu na Categoria Indústria. O MPE Brasil existe desde 2004 e foi idealizado para reconhecer a excelência na gestão das micro e pequenas empresas, tendo por base o Modelo de Excelência em Gestão (MEG), idealizado pela Fundação Nacional da Qualidade (FNQ). As nove empresas paranaenses, vencedoras da etapa estadual, estão classificadas para participar da etapa nacional, programada para acontecer em 2013. “O Paraná ficou em segundo lugar no ranking nacional de participantes com 2.938 empresas inscritas, superando estados brasileiros com maior densidade empresarial como São Paulo e Minas Gerais”, disse a gerente de Atendimento Individual e Marketing do Sebrae/PR, Renata Todescato, durante seu pronunciamento na premiação. Outro motivo para ser comemorado, na avaliação da representante do Sebrae/PR, foi a incorporação pelas empresas paranaenses de critérios relacionados à qualidade. “A cada dia que passa, nossas empresas estão mais preparadas para o mercado. A excelência na gestão, bandeira da Fundação Nacional da Qualidade que tem nosso apoio integral, já é realidade no Paraná e o MPE Brasil é um dos seus principais disseminadores.” Por meio de avaliações e uso de indicadores, as empresas conseguem mensurar dificuldades e projetar espaços que precisam preencher para chegar à excelência. “Para um pequeno empreendimento, ter excelência em gestão pode significar sua sobrevivência assim como diferencial competitivo relevante”, afirmou Renata Todescato. Recentemente Sadi Marini Junior recebeu uma Placa em Homenagem à conquista do Prêmio de Melhor Indústria da Micro e Pequena Empresa do Paraná. A cerimônia aconteceu em Brasília, organizada pela MBC Brasil (Movimento Brasil Competitivo), e contou com a presença dos representantes das inúmeras empresas, ganhadoras do Prêmio MPE Estadual. Na categoria Indústria, a Chiva Plásticos ficou entre as cinco melhores do Brasil. A Indústria vencedora é do Estado do Rio Grande do Sul. "Trabalhamos bastante, e conquistamos o Prêmio do Paraná, e foi uma honra conseguirmos ficar entre as 5 melhores Indústrias em Gestão de Qualidade da Micro e Pequena Empresa do Brasil, em nossa primeira participação. Esta Homenagem recebida em Brasília é fruto do esforço e do trabalho de cada um dos colaboradores da Chiva Plásticos, e um orgulho para Palmas, que entre 26 Estados, orgulhosamente representou o Paraná em um evento tão importante como este." Diz o Gestor Administrativo da Chiva Plásticos Daniel Vieira.

 

Chiva Plásticos foi destaque da ultima edição numero 263 da Revista REVENDA CONSTRUÇÃO, uma revista de 20 anos de existência, tornou-se referência no segmento de material de construção apresentando, todos os meses, novidades, dicas "cases" para o mercado de sua atuação, sempre com o objetivo de ajudar o revendedor, parceiro tão importante da indústria.

Entre vários nomes de grandes industrias do ramo, Chiva teve destaque mostrando para o leitor onde as vendas são direcionadas e falando um pouco do grande crescimento que a marca CHIVA vem tendo a cada dia.

Conheça um pouco mais da matéria acessando o link abaixo:

http://www.construcaototal.com.br/flippage/revenda/263/xml

 

 

Chiva participou nos dias 27à 30 de junho da feira dos representantes da Tambasa (ENFORT), integrada a Feira Internacional da Construção (CONSTRUIR).
A feira foi um sucesso, milhares de pessoas prestigiaram o evento que por sua vez é umas das feiras mais respeitadas, que acontece todos os anos no estado de Minas Gerais.
Pensando nisso, a Chiva promoveu em seu stand, uma promoção para os representantes da Tambasa, onde sorteou uma linda tábua de churrasco, foram muitos participantes que visitaram  stand e deixaram seus cupons.
Entre os 493 de cupons dos participantes somente um foi o felizardo,  José Eduardo de Morais, de Areias / São Paulo, que recebeu das mão do Diretor da Chiva o seu presente.

Chiva Plásticos, participará da feira dos vendedores da Tambasa (ENFORT), integrada a maior Feira Internacional da Construção (CONSTRUIR) que será realizada nos dias 27 à 30 de junho.

O Enfort é uma oportunidade única de conversarmos diretamente com centenas de representantes de um dos nossos principais clientes, tanto para divulgar novos produtos e esclarecer dúvidas, quanto para ouvir quem realmente está na linha de frente das vendas.

A Chiva tem o intuito de levar ao publico presente, seus produtos, produzido com tecnologia e mão de obra qualificado, resultado que faz da Chiva umas das maiores produtoras de conexão de PVC do Sul do Brasil.

No dia 25 de maio, celebra-se o Dia da Indústria. Para marcar a data, a Federação das Indústrias do Paraná realiza uma série de eventos em todas as regiões do Estado. A Semana da Indústria, entre 21 e 25 de maio, terá festividades e homenagens a empresários locais em Irati, Palmas, Marechal Cândido Rondon, Campo Mourão e Londrina. A opção por descentralizar as comemorações segue as diretrizes da atual gestão da Fiep, de interiorizar as ações da entidade. Além das festividades, a programação da Semana da Indústria terá ainda inaugurações, visitas a empresas e palestras. Os encontros têm o objetivo de mobilizar as lideranças empresariais e alertar a sociedade sobre o processo de desindustrialização que afeta o país. Apesar desse cenário, a indústria do Paraná tem muito a comemorar. Nosso parque industrial é formado atualmente por 46 mil empresas, de 20 setores industriais, que empregam 820 mil trabalhadores e respondem por um terço do PIB, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social do Estado.

Nosso último lançamento é o sistema de encaixe Chiva para peças de 45º e 90º graus, onde através de um segmento desenvolvido e patenteado por nós, conseguimos os seguintes benefícios:

2. Melhor acabamento visual, torna a peça mais vendável.

4. Alta resistência, este sistema foi testado pela equipe técnica especializada do projeto PRUMO da divisão extensão do TECPAR, através de sua unidade móvel dotada de equipamentos laboratoriais mais modernos do Brasil, e que atende à todos os requisitos da ABNT.

No dia 11/12/2012 aconteceu a cerimônia de reconhecimento do Ciclo 2012 da etapa paranaense do MPE Brasil e do PPrQG foi realizada nesta terça (11,) em Curitiba Empresas paranaenses que se destacaram em práticas estabelecidas pelo Modelo de Excelência da Gestão da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ) foram homenageadas nesta terça (11) durante a cerimônia de reconhecimento do Ciclo 2012 da etapa paranaense do MPE Brasil – Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas e do Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão (PPrQG). O evento foi realizado pelo Movimento Paraná Competitivo, coordenado pelo IBQP – Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade, e parceiros, em Curitiba. Neste ciclo, 5701 empresas se inscreveram em todo o estado para participação no MPE Brasil. Dessas, 32 foram classificadas para a etapa de visita, recebendo um Relatório de Avaliação apontando seus pontos fortes e oportunidades para melhoria. Já no PPrQG, foram inscritas 33 empresas e organizações, resultando em 26 candidatas, que também receberam seu Relatório de Avaliação, além de certificados de participação. “As organizações têm hoje um papel mais amplo que o tecnicista em seus modelos de produção e gestão. Elas vivem em um ecossistema complexo e, portanto, são como organismos vivos, que estão evoluindo a todo o momento. A evolução é uma arte e, por ser arte, remete à excelência”, afirmou durante a abertura da cerimônia o diretor-presidente do IBQP, Sandro Vieira. O MPE Brasil é um ciclo de premiação voltado exclusivamente para micro e pequenas empresas. Foi criado em 2004 com o nome de Prêmio Sucesso Empresarial e desde 2008 se chama MPE Brasil. Já o PPrQG visa reconhecer organizações públicas e privadas paranaenses adeptas das práticas de gestão de excelência. A avaliação é feita por uma banca examinadora de voluntários. No MPE Brasil, foram premiadas as seguintes empresas, nas seguintes categorias: Comércio: Pão e Vinho Editora (Guarapuava). Indústria: Chiva Plásticos (Palmas). Serviços: Escritório Comunelo de Contabilidade (Francisco Beltrão) e Funcional Contabilidade (Cascavel). Serviços de Educação: Centro de Educação Profissional Filadélfia (Pato Branco). Serviços de Tecnologia da Informação: Softcenter Sistemas e Informática (Londrina) e Mabtec (Londrina). Serviços de Turismo: Quintana Café e Restaurante (Curitiba). Destaque Inovação: Oníria Produtora de Softwares (Londrina).


TOPO